[CINEMA] Mymama estabelece parceria para distribuição de filmes em 2021

Filmes da produtora estão no Festival Varilux

RedaLumi

            Ainda sob o baque da pandemia, que desestabilizou vários setores, o mercado cinematográfico tem se reinventado em 2020, mirando o próximo ano com novas formas de “fazer” e “vender” cinema. Neste cenário, Mayra Faour Auad e Gabrielle Auad festejam uma nova parceria da produtora MYMAMA ENTERTAINMENT. A empresa estará a frente da distribuição de um catálogo de filmes selecionados entre os destaques de festivais internacionais e de diversas cinematografias. A estrutura operacional se dá através da Bretz Filmes, e em conjunto com Ilda Santiago, diretora do Festival do Rio, sócia de Mayra Auad na recente empreitada da PAGU PICTURES.

            A MYMAMA vem se destacando na produção de conteúdo, tendo conquistado dois Emmys no último ano. Um com “Hack the City”, coprodução com a FOX (hoje do grupo Disney) para a NatGeo, ganhadora do EMMY INTERNACIONAL 2019; e outro com “Nosso Sangue, Nosso Corpo”, produzida também com a FOX (grupo Disney), premiado com o EMMY KIDS INTERNACIONAL 2019; e é atuante na indústria audiovisual, com inúmeros projetos em desenvolvimento e produção, incluindo filmes e séries. O braço de distribuição amplia a atuação e conexão da produtora tanto com os exibidores quanto com as plataformas de streaming.  Com a nova parceria, a produtora já tem sete longas em catálogo, programados para estrear ao longo de 2021.

            Entre as produções estão “Persona non Grata”, “O Capital no Século XXI” e “A Garota da Pulseira”, selecionados para a mostra de 2020 do Festival Varilux – evento que acontece até 3 de dezembro, no Rio e São Paulo, e continuará ocupando salas de cinema de todo o país ainda por algumas semanas.

            “Queremos que a presença da MYMAMA no mercado de conteúdo audiovisual englobe todos os elos. E principalmente, deixar claro nosso compromisso com o entretenimento de qualidade, diverso, inclusivo e contemporâneo, e esta nova parceria nos permite vislumbrar novas perspectivas para o futuro.”, diz Mayra Auad.

            Confira os títulos do catálogo:

SKIN – À Flor da Pele (U.S.A.) –Dirigido por Guy Lattif (Oscar 2019 Curta) e estrelado por Jamie Bell, o filme expõe a vida de um skinhead, Bryon Widner, um jovem homem que foi criado por skinheads notórios na comunidade de supremacia branca. Decidido a mudar sua vida, ele vira as costas para todo o ódio e a violência que foi ensinado, com a ajuda de um ativista de direitos negros.

O Capital no Século XXI – Adaptado do livro homônimo de Thomas Piketty, uma das obras mais importantes dos últimos anos. Intercalando referências à cultura pop com intervenções dos mais influentes especialistas de nossa época, o filme propõe uma viagem através da história moderna de nossas sociedades. O documentário contrapõe a riqueza e o poder de um lado e, do outro, o progresso social e as desigualdades.

Persona non Grata (França)– Com direção de Roschdy Zem, o filme é uma adaptação de “O Invasor”, de Beto Brant. José Nunes (Nicolas Duvauchelle) e Maxime Charasse (Raphaël Personnaz) são amigos e sócios minoritários numa empresa de construção que enfrenta dificuldades. Diante da necessidade de defender seus interesses, eles tomam uma decisão radical. Um segredo sombrio passa, então, a unir o destino dos dois. Quando começam a vislumbrar um futuro melhor, um estranho personagem entra em suas vidas.

A Garota da Pulseira (França)– Dirigido por Stéphane Demoustier, o filme acompanha a jovem Lise, que acaba de se formar e faz o exame para ingressar na universidade. Porém, há dois anos ela usa uma pulseira, pois é acusada de ter assassinado sua melhor amiga. Quando o processo avança e o tribunal descobre os segredos da jovem de 18 anos, uma inesperada verdade vem à tona.

Tommaso  (Italia)– Dirigido por Abel Ferrara, o longa foi exibido no Festival de Cannes 2019. Estrelado por Willem Dafoe, o drama acompanha um artista americano que vive em Roma, na Itália, com sua jovem esposa europeia e sua pequena filha de três anos. Quando os fantasmas de seu passado vão perturbá-lo, ele se vê forçado a encarar a vida que viveu e refletir sobre o que criou.

Pequenas Mentiras Francesas (França) – Dirigido por Sandrine Dumas, o filme conta a história de Jewell Stone, que, depois de abandonar sua carreira como cantora, vive em Paris e trabalha como garçonete. Marie, sua avó e única família, que mora nos Estados Unidos, chega da noite para vê-la. Mas como recebê-la quando Jewell lhe conta há tanto tempo sobre sua vida, seu trabalho e seus amores? De uma carta para outra, ela inventou uma carreira que funciona, uma vida com Paul e até uma garota, Ruby. Mas, como diz um provérbio italiano, as mentiras têm pernas curtas!

Uma Mulher Extraordinária (Alemanha) – Dirigido por Sherry Horrmann, o filme retrata o destino de Hatun Ayhrun, uma alemã de ascendência turca, e sua luta por uma vida livre e autodeterminada diante de sua família.

___

Imagem de capa: Cena do filme “A Garota da Pulseira”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s