Segunda edição da revista Olympio será lançada neste sábado em Belo Horizonte

Evento acontece na Livraria da Rua
RedaLumi

            Ao explorar, de modo caleidoscópico, as conexões entre literatura e outros campos artísticos e do saber, a revista Olympio – Literatura e Arte chega à segunda edição. Criada em 2018, na capital mineira, a publicação independente é obra da escritora Maria Esther Maciel, do jornalista José Eduardo Gonçalves, do designer Julio Abreu e do arquiteto Maurício Meirelles – todos com vasta trajetória na cena cultural da cidade. Com 280 páginas de farto conteúdo inédito, assinado por 47 nomes, e design primoroso, Olympio volta a investir no “caráter duplo e potente” da linguagem, que, de um lado, é guarda e memória, e, de outro, reinventa “o que está ao lado, as coisas, a vida em seus enredos surpreendentes”. O lançamento oficial do segundo número da publicação será no dia 8 de fevereiro, das 12h às 16h, na Livraria da Rua (rua Antônio de Albuquerque, 913 – Savassi), em Belo Horizonte (MG), com a presença do líder indígena Ailton Krenak, entrevistado desta edição.

            A revista enfatiza a produção ficcional, poética e ensaística contemporânea, por meio de perfis e entrevistas, tradução de textos literários, relatos de viagem, ensaios visuais e fotográficos. “Edição a edição, buscaremos reafirmar a transversalidade e a pluralidade de ideias”, destaca Maria Esther Maciel. A segunda edição de Olympio abre 30 páginas para depoimento exclusivo de Ailton Krenak, uma das principais lideranças indígenas do Brasil, com ilustrações de Denilson Baniwa e fotos de Miguel Aun. Além disso, apresenta comovente perfil do diretor de teatro Zé Celso Martinez, assinado pelo amigo de infância Ignácio de Loyola Brandão.

            A edição também revisita a notável (e ainda pouco conhecida) poesia da amazonense Astrid Cabral, assim como revela trabalhos inéditos, no Brasil, da poeta norte-americana Emily Dickinson, do cineasta britânico Peter Greenaway, da escritora romena Aglaja Veteranyl e do argentino César Aira. O poeta Adão Ventura, no aniversário de 15 anos de sua morte, é lembrado pelo escritor Carlos Herculano Lopes, e, em primeira mão, o poeta Ricardo Aleixo antecipa um capítulo de seu livro de memórias.

            A edição também elenca nomes como Evando Nascimento, Gustavo Pacheco, Kalaf Epalanga, Veronica Stigger, Dirce Waltrick do Amarante e Olívio Jekupe, dentre outros. Há, ainda, ensaios visuais e fotográficos. A obra que estampa a capa da segunda edição foi concebida pela artista Nydia Negromonte. Já o poeta e artista gráfico Guilherme Mansur assina a arte visual do lema da revista: “Não há o que não haja”.

            Junto ao segundo número, sairá a nova edição da primeira edição de Olympio – esgotada há muitos meses –, com novo projeto gráfico, assinado pelo Estudio Guayabo, de Belo Horizonte. A revista é viabilizada com o apoio da Editora Miguilim, em parceria com a Tlön Edições.

 

SERVIÇO 

Lançamento da revista Olympio – Literatura e Arte nº2

Local: Livraria da Rua. Rua Antônio de Albuquerque, 913 – Savassi

Belo Horizonte (MG)

Dia: 8 de fevereiro de 2020

Horário: de 12h às 16h

Preço da revista: R$ 54,00

Entrada franca

Convidado especial: Ailton Krenak

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s